Cirurgia de Transplante de Rim: Como funciona e quanto tempo dura?

O transplante de rim é, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, uma opção de tratamento para pacientes acometidos pela doença crônica renal avançada. Patologia que afeta significativamente a qualidade de vida do paciente, obrigando-o muitas vezes a se submeter a dezenas de sessões de hemodiálise — procedimento através do qual uma máquina desenvolve a função do rim, limpando e filtrando o sangue.

Para conhecer melhor como funciona a cirurgia de transplante de rim, quanto tempo dura, e saber de outras informações importantes a respeito desse processo, continue a leitura!

Para quem é indicado esse tratamento?

Como dito, a cirurgia de transplante de rim é indicada para pessoas que apresentam doença renal crônica em estágio avançado. A indicação é feita pelo médico nefrologista após exames clínicos e avaliação das condições de saúde do paciente.

Vale dizer que não é necessário que o paciente se submeta primeiro à hemodiálise, para somente depois realizar o transplante. No entanto, isso é o que mais acontece, porque a doença renal crônica é silenciosa e, muitas vezes, só é descoberta em fases mais avançadas. Assim, a maioria dos pacientes se submete (primeiro) ao tratamento por hemodiálise ou diálise peritoneal, para somente depois se inscrever na lista de transplante de rim.

Como funciona a cirurgia de transplante de rim?

O procedimento é simples. Através da cirurgia, um rim saudável é colocado no lugar daquele que apresenta problemas. Assim, o novo órgão passa a exercer as suas funções novamente, filtrando e eliminando líquidos e toxinas.

No entanto, caso os rins estejam saudáveis, isto é, não causando infecção ou hipertensão, podem permanecer onde estão, conforme a Sociedade Brasileira de Nefrologia. Assim, o paciente ficará com três rins, e não com dois, como muitos costumam pensar.

Vale mencionar que a cirurgia de transplante de rim é a alternativa de substituição da função renal mais completa. Uma de suas principais vantagens é melhorar a qualidade de vida do paciente, dando a ele maior liberdade em sua rotina diária.

Os pacientes acometidos pela doença renal crônica avançada têm, muitas vezes, suas vidas limitadas, não podendo, por exemplo, realizar viagens por um período um pouco mais longo. Com isso, restringem-se muito e podem desenvolver problemas de saúde como a depressão. Assim, o transplante renal aparece como a solução ideal para devolver a eles bem-estar geral (físico e psicológico).

Quanto tempo dura a cirurgia de transplante de rim?

Segundo dados do Hospital Sírio-Libanês, a duração do transplante renal pode durar entre três a quatro horas. O que vai definir melhor o tempo de duração serão algumas variantes como: condições de saúde do paciente e técnica adotada para unir os vasos sanguíneos do receptor do órgão transplantado e o ureter.

A cirurgia de transplante de rim é o tratamento ideal para garantir ao paciente uma melhor qualidade de vida e maior liberdade em seu dia a dia, como vimos. Tudo que o paciente deseja nessa situação que não é nada positiva do ponto de vista de sua saúde física e psicológica.

Gostou deste conteúdo e deseja ler outros? Acesse nosso blog! Nele temos diversos artigos sobre este e outros assuntos que podem enriquecer ainda mais o seu conhecimento e garantir a você uma melhor qualidade de vida.

Obrigado por avaliar o texto. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: