Como ajudar a melhorar os sintomas da labirintite?

A labirintite é uma inflamação dos labirintos que gera um problema na audição e no equilíbrio. Esta doença pode acontecer por infecções bacterianas e virais, problemas cerebrais e de audição, reações medicamentosas, entre outras causas. É comum que se manifeste em pessoas de 40 a 50 anos, por causa de alterações no metabolismo.

Se você sente tonturas constantes, como se o mundo estivesse girando e seus pés não conseguissem ficar firmes no chão, isso pode ser labirintite. Para confirmar se seu problema de tontura é labirintite ou não, você deve procurar um médico otorrinolaringologista.

Uma das possíveis causas que estimulam as crises de labirintite podem ser alguns alimentos que estão presentes no seu cardápio. Alguns alimentos prejudicam o funcionamento do labirinto, gerando as vertigens, fazendo a sensação de que o mundo está girando.

Por isso, para minimizar os problemas da labirintite, é preciso ter muitos cuidados com alimentos que potencializam suas crises, mantendo-se sempre atento ao seu cardápio. Existem alguns hábitos que podem ajudar a melhorar os sintomas da labirintite.

Dicas para ajudar a diminuir a intensidade das crises de labirintite

  1. Não passe períodos muito longos sem comer, o correto é comer de três e três horas;
  2. Beba pelo menos 2 litros de água ao dia;
  3. Evite fumar, pois a nicotina é muito tóxica para o labirinto;
  4. Controle a ingestão de alimentos cheios de açúcar como biscoitos, tortas e chocolates, substituindo-os por pêra, maça, abacaxi e banana;
  5. Escolha maças integrais, já que as fibras delas fazem a absorção da glicose ser mais lenta;
  6. Não exagere na ingestão de sal, pois o sal em excesso faz a pressão dos vasos sanguíneos aumentar, tornando a irrigação da zona onde fica o labirinto ficar prejudicada;
  7. Substitua o sal da comida, por temperos naturais como, cebolinha, sálvia, salsinha e alecrim;
  8. Evite alimentos pouco nutritivos, com muito sal, como sopas prontas e fast foods;
  9. Se você sentir vontade de comer uma coisa salgada, prefira aqueles biscoitos de água e sal ou lanches naturais com pão integral;
  10. Diminua as bebidas que tenham cafeína, como refrigerantes, alguns tipos de chás e claro, café. Estes alimentos estimulam o labirinto;
  11. Você pode substituir o café por chá de frutas e o refrigerante por sucos e águas de coco natural;
  12. Evite ingerir bebidas alcoólicas, porque em excesso elas aumentam a densidade dos líquidos do labirinto, causando a vertigem e a tontura;

Pessoas que tenham problemas com hipertensão, colesterol, hipertiroidismo, triglecérides e diabetes, correm mais riscos de terem crises de labirintite, por isso é muito importante observar os fatores que levam a este problema.

Chá que alivia os sintomas

Existem algumas combinações de chás que agem muito bem como remédios, é só usar uma colher de chá de erva doce, outra de alecrim e três cravos da Índia. Despeje esses ingredientes, todos juntos, em água fervendo e deixe-os tampados por 30 minutos. Depois é só coar o chá e tomar.

Outro chá que pode te ajudar na hora de amenizar os sintomas da labirintite, é o famoso Ginkgo Biloba.  Você pode usar o pó e a folha, misturar em meio litro de água e tomar este chá três vezes ao dia.

Seguindo essas dicas, você pode diminuir as crises de labirintite, mas é muito importante, sem dúvida nenhuma, que você procure um médico antes de tomar qualquer medida, mudando seu estilo de vida ou sua alimentação.

Embora as dicas sejam muito úteis, elas não substituem um bom acompanhamento médico, que vai não só te indicar a melhor forma de tratar a labirintite, como também reconhecer as causas dela. Cuide-se!

SE VOCÊ QUER DESCOBRIR COMO MUITAS PESSOAS ESTÃO TENDO MAIS SAÚDE NATURALMENTE E CONSEGUINDO COMBATER DOENÇAS DE MODO PREVENTIVO, ACESSE AGORA ESSE LIVRO DIGITAL QUE ESTÁ TRANSFORMANDO A VIDA DE MUITAS PESSOAS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: