10 hábitos que evitam o envelhecimento precoce

O envelhecimento precoce é a consequência do estilo de vida adotado, como má alimentação, vícios e sedentarismo. Eles são os reais vilões que não permitem que você viva muito e com saúde, pois todos estes problemas juntos podem reduzir até 12 anos da sua expectativa de vida.

Estudos recentes revelam que mesmo que a expectativa de vida esteja maior comparada a outras épocas, as pessoas de antigamente tinham uma vida mais saudável.

Confira agora 10 dicas para evitar o envelhecimento precoce!

  1. Má alimentação

Para conseguir chegar aos 100 anos, é preciso comer com consciência. Segundos os estudiosos, os japoneses são as pessoas do planeta que vivem mais, pois comem até se sentirem 80% satisfeitos.

É necessário comer devagar para que você saiba a hora certa de parar. Comer menos pode ajudar a envelhecer lentamente, pois as calorias fazem a produção do hormônio da tireoide aumentar, hormônio esse que retarda o metabolismo.

Os radicais livres são produzidos pelo próprio organismo no processo metabólico que acontece no interior das células, que faz o oxigênio e a glicose se transformar em energia. Quando eles estão em excesso, são responsáveis em danificar as células saudáveis do corpo.

Os radicais livres são moléculas destrutivas que causam prejuízos ao corpo, propiciando o aparecimento de doenças como o câncer, artrite e artrose, desgaste das artérias aumentando as chances de formar coágulos sanguíneos e doenças cardíacas e outras patologias.

Os alimentos antioxidantes são muito eficazes em reduzir os níveis de radicais livres na corrente sanguínea. As fontes de vitamina A, C e E tem a função de combater os radicais livres.

  1. Relações íntimas

É aconselhável ter relações  de duas ou três vezes por semana para poder ter mais anos de vida, pois libera hormônios positivos, baixa a pressão arterial, queima calorias equivalente à trinta minutos de caminhada, fortalece o sistema imunológico, reduz o excesso de peso, melhora o peso e além de tudo, protege o coração.

  1. Evitar TV ou computador

Ficar muito tempo em frente às telas, faz muito mal à saúde. Assistir 4 horas ou mais de TV, aumentam as chances de falecer de problemas ligados ao sedentarismo. Reduzir a exposição à TV, computadores e celulares faz com que você consiga dormir melhor.

Portanto, troque a TV por um livro antes de dormir.

  1. Não se exponha ao Sol

Os raios ultra violetas são prejudiciais à saúde, e provocam queimaduras, irritações, rugas, manchas e até mesmo o câncer de pele. Antes de sair, mesmo que o sol não esteja forte, não esqueça de aplicar o protetor solar de pelo menos, fator 30 como proteção em todo o corpo.

  1. Cuide de sua pele

É através da pele que as pessoas percebem os sinais de envelhecimento, mas para evitar que esses sinais apareçam, é preciso cuidar da pele com carinho. Antes de dormir, procure limpar e esfoliar o seu rosto para retirar a maquiagem evitando espinhas, cravos, acnes e ainda removendo todas as células mortas do rosto.

Use sempre cremes hidratantes para a pele, pois eles preparam a pele para receber a exposição solar e também a poluição atmosférica. Além disso, os cremes impedem que os radicais livres acelerem o processo de envelhecimento da pele.

Caso você tenha passado dos 25 anos, use cremes para o contorno dos olhos, pois além de hidratam a pele irá evitar futuras rugas de expressão.

  1. Vida social

Estudos mostraram que as pessoas que sempre estão rodeadas por amigos ou a família tem menores chances de sofrerem com problemas cardíacos. Ficar e sentir-se sozinho causa ansiedade, depressão, colesterol elevado, medos e várias outras coisas.

Os idosos por exemplo, não sentem tanta disposição para viver quando os seus filhos, netos ou sobrinhos não tem o costume de visitá-los com frequência.

  1. Controle os vícios

O recomendado por dia de álcool é de dois copos para os homens, e um copo para as mulheres. Caso esse valor seja ultrapassado, levará ao alcoolismo, doenças no fígado ou pâncreas e diversos problemas de saúde em geral.

Outro problema da sociedade moderna é o cigarro. Estudos mostram que pessoas que param de fumar até os 35 anos, ganham de 6 a 8 anos de vida. Claro que não é fácil parar de fumar, mas nunca é tarde demais para tentar, principalmente pelos benefícios serem imediatos e ficam ainda maiores com o passar do tempo.

No caso do vinho, os médicos aconselham beber uma taça de vinho tinto diariamente para prevenir diabetes e ataques cardíacos.

  1. Consumir frutas e verduras

A correria dos tempos atuais fez com que as pessoas tenham menos tempo para preparar suas refeições, e, portanto, acabam preferindo comer em fast-foods ou self services. Eles são um dos responsáveis por nos afastar de alimentos como as frutas e verduras, que são essenciais para o desenvolvimento do corpo e bem-estar.

Prefira comer uma banana ao invés de uma coxinha, e uma salada de alface no lugar da batata frita. As frutas e vegetais são responsáveis por desintoxicar o corpo e melhorar a circulação sanguínea, além de reduzir o risco doenças cardíacas, obesidade, colesterol e cânceres.

  1. Pratique exercícios

Existe uma forte relação entre praticar atividade física e viver bem por muitos anos. Exercitar o corpo pode proporcionar a você 4 anos a mais de vida, além de ajudar o coração, pulmão, mente e também o humor.

É recomendável que faça pelo menos 30 minutos de atividade física, como uma caminhada, corrida, ginástica ou qualquer outra modalidade.

  1. Durma bem

Para que o dia comece bem e seja produtivo, é preciso ter uma boa noite de sono.

Tente dormir pelo menos 8 horas por dia, para que seu corpo relaxe e tenha tempo para renovar as suas energias.

Não adianta viver por muitos anos, mas com vários problemas de saúde e dependente de pessoas para cuidarem de você. Então, você pode desde já tenha hábitos saudáveis para envelhecer com saúde!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: