Qual é o significado da coloração da urina?

Normalmente a urina humana é amarelada, podendo ter variações no tom do amarelo de acordo com a quantidade de água presente nela. Quando o paciente está desidratado, o rins passam a reter água no corpo fazendo a urina seja um amarelo mais forte.

Assim como quando é ingerida a quantidade certa de água, ou quando são utilizados substância diuréticas, como remédios e bebidas alcoólicas, os rins passam a permitir a perda de água, fazendo com que a urina seja bem diluída e com uma coloração mais clara.

Às vezes, a urina pode ter colorações diferentes, até mesmo dos tons de amarelo. Consumir produtos com corantes, medicações, alimentos com coloração forte e infecções do canal urinário pode fazer com que a urina mude de cor, às vezes até mesmo cores diferentes como roxo, azul, rosa e até preto.

Nem sempre a mudança na cor da urina indica problemas graves de saúde, mas se a causa desta alteração não for óbvia e ela persistir, é importante procurar um médico.

Neste artigo será apresentado as cores de urina e suas explicações, confira:

Urina amarela escura

Naturalmente a cor da urina varia do amarelo claro até o amarelo escuro. Quanto mais água a pessoa beber, mais clara a cor da urina será. Uma urina com tons de castanho ou amarelo escuro geralmente é uma urina extremamente concentrada, por ter pouca água que os rins disponibilizaram para diluí-la.

Mas quando o amarelo escuro é frequente, existe a possibilidade de que tenha algum problema que não seja apenas a desidratação. Em doenças como a hepatite, a urina escura costuma vir acompanhada de uma pele amarelada, chamada de icterícia.

Quando existe a presença de sangue, a urina fica avermelhada, mas se no caso o sangramento for pouco, a urina pode adquirir uma coloração só um pouco mais escura que o normal. No caso dos remédios e alimentos, o antibiótico metronidazol e o aspargo são as outras causas mais comuns do escurecimento da urina.

Urina roxa

A cor arroxeada da urina pode ser causada por bactérias no trato urinário, que alcalinizal a urina, como a Klebsiella pneumoniae, Providencia stuartii ou Enterococcus.

É importante ressaltar que a urina roxa devido a uma infecção urinária é um acontecimento bem incomum e só costuma acontecer em pacientes acamados que usam cateter vesical por muito tempo. Portanto, a urina roxa é mais comum em pacientes que estão internados em hospitais do que na população saudável.

Esse mecanismo envolve a metabolização do triptofano, que é um aminoácido presente em alimentos como arroz integral, peru, ovo, peixes, nozes, chocolate amargo, etc. Essa pigmentação pode acabar produzindo pigmentos vermelhos ou azuis, que quando se misturam produzem a urina roxa.

Em determinados casos, a insuficiência renal ou uma urina com pH alto são necessários para este fenômeno acontecer. A urina também pode vir a apresentar tons arroxeados se caso o paciente comer grandes quantidades de beterraba ou amora, mas isso não é tão comum.

Urina Laranja

A desidratação que torna a urina muito concentrada, pode causar a urina alaranjada. Mas, geralmente a urina laranja é causada pela presença de sangue ou billirrubinas nela.

Ingerir grandes quantidades de cenoura, beterrabas e amoras silvestres também pode trazer uma urina alaranjada. Na realidade, todos os alimentos que contém carotenoides, corantes ou pigmentos de cor vermelha ou laranja, quando são ingeridos em grandes quantidades podem mudar a cor da urina para tons próximos do laranja.

Alguns medicamentos também podem causar a urina alaranjada parecida com a cor da Fanta laranja, dentre eles os mais comuns são a nitrofurantoína, rifampicina e Pyridium, além da vitamina B e B2.

Urina verde

Uma das origens da urina esverdeada é ingerir corantes, especialmente o azul de metileno, muito usado em  diagnósticos ou tratamentos de uma doença chamada metemoglobinemia. Entre os alimentos o aspargo é o que com mais frequência provoca alterações na cor da urina.

No geral, a urina adquire um tom entre o verde e o amarelo. Os corantes utilizados nas cervejas verdes, assim como o alcaçuz preto que é rico em corante, podem ocasionar uma urina esverdeada.

Mas, originalmente a urina esverdeada é devido à infecção urinária causada pela bactéria Pseudomonas aeruginosa.

Urina rosa ou vermelha

A urina vermelha geralmente é um sinal de sangramento nas vias urinárias, mas também pode ser causada por alimentos e remédios.

Laxantes, Pyridium, Rifampicina, vitamina B, amoras e beterrabas são algumas das causas dessa coloração da urina. Anticoagulantes como a heparina e varfarina podem causar a hematúria, e assim, a urina avermelhada.

Em pessoas bem hidratadas, a urina avermelhada pode ser bem diluída na água e se apresentar mais rosada ou até alaranjada. No decorrer do dia, a urina pode variar entre o vermelho, rosa e laranja, dependendo sempre da quantidade de água para diluí-la.

Urina azul

Geralmente assim como a verde, a urina azul é causada pela ingestão de remédios, corantes como o azul de metileno, ou até mesmo a bactéria Pseudomonas aeruginosa.

Outros remédios como o triantereno, indometacina, amitriptilina e o viagra podem ser uma das causas da urina azul. Também existe uma doença hereditária muito rara, chamada de hipercalcemia benigna familiar, conhecida também como síndrome da fralda azul, já que as crianças com este transtorno podem vir a ter a urina azulada.

Urina marrom escura ou preta

A cor escura da urina, como preta ou marrom pode ser causada por uma doença genética rara conhecida como Alcaptonúria. Urinas muito concentradas que contenham sangue, também podem adquirir cores escuras.

Em casos de icterícia, a urina pode adquirir a cor de castanho escuro, parecido com a Coca-Cola.

Não só a cor como também o aspecto da urina pode ser uma dica para identificar algumas doenças precocemente. Por exemplo, uma urina com excesso de espuma mostra a presença de proteínas, o que pode ser sinal de uma doença renal. Assim como a urina com cheiro forte indica que está muito concentrada, favorecendo a formação de um cálculo renal.

Uma urina saudável deve ter a cor amarelo claro, quase transparente, com pouca espuma, sem cheiro e se causar desconforto ou dor ao urinar. Qualquer situação diferente, é necessário ir até o médico para iniciar o tratamento caso precise.

Cuide de sua saúde!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: