Sementes do bem para a alimentação

sementes-do-bem 

As sementes do bem estão ganhando cada vez mais espaço no prato dos brasileiros, elas ajudam na prevenção de doenças e combate o envelhecimento.

Elas são utilizadas em pratos quentes, saladas, sucos, leite e vitaminas.

As sementes são ricas em vitaminas, minerais, proteínas e contém antioxidantes, que retardam o envelhecimento. Auxilia a regular o intestino, controla o colesterol e os sintomas da TPM e menopausa.

 

Conheça agora algumas dessas sementes benéficas à saúde.

 

Gergelim

O gergelim é riquíssimo em vitaminas e contém antioxidantes que fazem bem ao corpo evitando a morte das células pelos radicais livres e assim prevenindo o envelhecimento.

Ele também é rico em fitosterois que ajudam a eliminar o colesterol ruim. Como ele contém também leticina que é muita farta nessa semente previne vários problemas nos órgãos reprodutores e funcionam melhor.

Pode ser consumido por diabéticos, pois devido ao baixo nível glicêmico ele não causa picos de glicemia, que faz mal ao pâncreas. Suas fibras ainda fazem bem ao intestino e até previne o câncer intestinal.

Linhaça

Essa sementinha ganhou destaque na dieta por seus benefícios à saúde. Ela auxilia no emagrecimento, pois controla o apetite e é considerado um laxante natural devido ter grande fonte de fibras.

Ela é fonte abundante de Omega3 e 6 que previnem de doenças do coração e tem antioxidantes bom para o rejuvenescimento da pele.

Esta semente do bem tem mais benefícios à saúde, rica em lignana(auxilia no controle do estrogênio , prevenindo o câncer de mama), excelente para mulheres na menopausa , ainda abranda à resistência insulina e previne contra a diabetes. E pesquisas recentes mostram que ela previne ou retarda o câncer de próstata e melanoma.

A semente de linhaça é encontrada em grão ou moída e pode ser consumidos em pratos quentes, iogurtes, saladas, sucos e massas.

Girassol

A semente de girassol é muito fácil de ser encontrar e o bom é que tem custo baixo.

Para praticantes de exercícios físicos, essa semente é excelente fonte de proteínas, vitamina E, ácido linoleico, selênio e magnésio, portanto ele auxilia no ganho de massa muscular, atua na construção dos músculos, na reparação do tecido muscular, ajuda na formação dos ossos e produz energia diária para o corpo.

Mas não para por aí não, a sementinha do bem ainda traz outros benefícios à saúde:

  • Combate o colesterol ruim e é dexintoxicante;
  • Como dissemos ele é rico em selênio e por isso é eficaz na prevenção de câncer;
  • Contém fitosterois, bom para quem está na menopausa;
  • Dependendo da quantidade em que é consumida pelo menos umas 30 gramas por dia, ele causa a sensação de saciedade, o que é ótimo para o emagrecimento;
  • Sendo uma fonte de magnésio e cobre, auxilia no trato de enxaqueca e é bom para unhas, dentes e ossos;
  • E além de tudo é fonte de vitamina E, que auxilia nos processos inflamatórios, como ulceras e artrite aliviando as dores.

 

Chia

Por sua vez a chia é conhecida por auxiliar no emagrecimento e reduzir gorduras do corpo. Assim como as outras sementes do bem, ela pode ser consumida, nos pratos quentes, saladas, iogurtes, sucos e vitaminas. Estudos dizem que a quantidade a ser consumida é de mais ou menos duas colheres.

A chia é de origem mexicana e sua planta é chamada de salvia hispânica. Ela ficou popular aqui no Brasil, por ser eficaz nas dietas para emagrecer.

Agora vamos ver quais as propriedades dessa sementinha e seus benefícios à saúde:

  • Ela contém Omega 3, que auxilia na prevenção de doenças do coração;
  • Tem carboidratos do bem, de baixo índice glicêmico, uma boa opção para quem tem diabetes;
  • A chia também possui oxidantes, bom para prevenir o envelhecimento;
  • Rica em proteínas, na maioria aminoácidos que não produzidos pelo nosso corpo como isoleucina, valina, metionina, fenilalanina, leucina, treonina, triptofano e histidina.
  • Essa semente também é fonte de fibras e vitaminas (B2, B2 e B3), além de cálcio, ferro e zinco.

 

Aveia

A aveia é uma semente bem comum e popular. Ele é rico em nutrientes, vitamina B1, fósforo, ferro e contém mais gorduras, proteínas e carboidratos do que o trigo.

Como ela é assimilada facilmente e absorvida com lentidão é ótima para dar energia, portanto é recomendada para os atletas.

Amaranto

O amaranto não é tão conhecido como as outras sementes do bem, apesar ser muito benéfica para à saúde, ela é mais usada por praticantes de esportes.

Veja os benefícios que o amaranto traz à saúde:

  • O amaranto é rico em fitosterois, que auxilia no trato do colesterol ruim, por isso fazem bem ao coração;
  • É rico em lisina, albumina e globulinas, bom para praticantes de esportes físicos;
  • Não conte glúten, portanto os celíacos podem consumir esse grão;
  • Auxilia na redução da hipertensão, pois possui fotoquímicos como nicotiflorim e rutina;
  • Reduz inchaços e ajuda a emagrecer, pois é rico em fibras.
  • E por sua vez o amaranto, ajuda na regeneração muscular. É rico em aminoácidos e proteínas, assim ele pode ser inserido na dieta dos praticantes de esportes físicos, principalmente as pessoas que fazem musculação.

Quinua

A quinua é cultiva nas regiões do Peru e Bolívia e chegou com tudo no Brasil, sendo muito consumido por praticantes de esportes que procuram alimentos saudáveis, devido o seu valor nutricional.

Além de conter todos os aminoácidos em grande quantidade que é essencial ao corpo, a quinua também possui vitaminas A, B6, B1, E e C. Contém também minerais como fósforo, cálcio, ferro e magnésio.

Com valor proteico em torno de 20% ela pode ser inserida na dieta, garantindo mais saúde ao organismo e garantindo energia para as tarefas diárias.

A quinua é um alimento bem completo e ainda possui ômega 3 e 6 e lisina (bom para a inteligência).

Ela é indicada aos celíacos, atletas, estudantes e até para mulheres na TPM e na menopausa.

As sementes do bem podem ser incluídas como complemento na sua alimentação para ter uma vida mais saudável, prevenir doenças e emagrecer de forma natural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: