Os benefícios de alguns tipos de farinhas

os-beneficios-de-alguns-tipos-de-farinhas

Muito conhecidas devido à variedade de produtos fabricados a partir delas, as farinhas estão entre os insumos mais conhecidos no gosto popular. As farinhas são obtidas a partir da moagem de alimentos vegetais e frutas e auxilia na prevenção e tratamento de doenças de modo natural fortalecendo com vitaminas e minerais necessários para o bom desempenho do organismo.

Trata-se de um tipo de alimento que regula o organismo de modo benéfico através de suas vitaminas e nutrientes que atuam de modo positivo, deste modo são também conhecidas como farinhas funcionais.

Que frutas e legumes podem ser usados para fazer farinha

São diversos os tipos de farinhas disponíveis no mercado, desde as tradicionais como farinha de trigo, a farinha de milho e a farinha de mandioca até as menos conhecidas pelo gosto popular como a farinha de maracujá e a farinha de banana verde.

Tipos de farinhas que fazem bem a saúde

Farinha de trigo: A farinha de trigo é rica em carboidratos e fonte de vitamina B, zinco e potássio. Auxilia no sistema nervoso central trazendo energia e vitalidade além de fortalecer o sistema imunológico.

Farinha de Milho: Fonte de fibras que auxiliam na eliminação de toxinas do organismo mantendo em níveis adequados o colesterol no organismo. Fonte de vitamina A auxilia no fortalecimento da visão e não contém glúten, o que facilita o consumo para pessoas que possuem intolerância a este tipo de proteína.

Farinha de Berinjela: é uma das mais ricas em fibras auxiliando no trânsito intestinal. Composta de vitaminas A e C possui ação antioxidante e combate radicais livres, evitando assim a degeneração das células. Auxilia no bom funcionamento dos rins, reduz a absorção de gordura no organismo além de auxiliar também nas dietas pois produz sensação de saciedade ao indivíduo.

Farinha de Centeio: Fonte de carboidratos complexos, este tipo de farinha auxilia na construção muscular através de aminoácidos essenciais. Possui elementos que auxiliam a retardar a digestão e inibe que o açúcar no organismo se transforme em gorduras. Por fim, a farinha de centeio é rica em ácido fólico que ajuda na manutenção do sistema nervoso central.

Farinha de Cevada: Auxilia no equilíbrio do colesterol e da glicemia além contribuir para a regularização do intestino. Rica em vitaminas B, proteínas e carboidratos também atua como antioxidante e relaxante muscular devido sua composição com selênio de magnésio.

Farinha de Aveia: Age no organismo como se fosse uma “esponja”, absorvendo gordura, diminuindo assim os níveis de colesterol deviso seu alto teor de beta-glucana. Deste modo contribui com a prevenção de doenças cardiovasculares. Rica em vitaminas e minerais como magnésio, ferro e cálcio.

Farinha de Banana Verde: é um tipo de farinha especial. Possui um tipo de amigo que traz bactérias que auxiliam no intestino pois produzem substância de anti-inflamatórias reduzindo o risco de câncer de cólon. Estudos apontam para o auxílio em Tensão Pré-Menstrual que acomete muitas mulheres. Sua riqueza de magnésio diminui as cólicas devido a produção de dopamina que auxilia no bem-estar.

Farinha de Maracujá: Rica também em vitaminas e minerais, possui uma vitamina especial chamada de B3 que atua na produção de hormônios. Desde modo regula a ansiedade, auxilia no combate da anemia, controla os níveis de açúcares no sangue, fortalece os ossos e auxilia na memória.

Farinha de Arroz: possui as mesmas características naturais do arroz devido seu processo apenas de moagem dos grãos e não contém glúten. Ajuda a prevenir doenças cardíacas, diabetes e doenças do aparelho digestivo.

Farinha de Linhaça: Rica em ômega 3, fonte de fibras e de proteínas auxilia no controle do colesterol.  Diminuem o risco de tumores e melhoram o funcionamento do intestino.

Farinha de Uva: Desenvolvida a partir da casca de uvas vermelhas este tipo de farinha é rica em antioxidante que auxiliam na proteção das artérias.

Farinha de Amaranto: Amaranto é um grão utilizado há mais de 8000 anos atrás em dietas pelos astecas. É rica em proteínas, aminoácidos, ferro, cálcio, potássio, fósforo, magnésio além das vitaminas A, B6, C, E e K, motivo pela qual se torna uma farinha muito nutritiva.

Farinha de Quinoa: Este tipo de farinha apresenta todos os 16 tipos de aminoácidos necessários para a construção de uma vida saudável pois é derivado do cereal quinoa. Possui vitamina A, B6, B1, E e C rico em proteínas e sais minerais.

Farinha de Coco: Rica em fibras é obtida a partir da amêndoa de cocos maduros e não possui açúcares. Melhora o funcionamento do intestino e auxilia no controle do açúcar no sangue além de proteger no controle de doenças do coração ainda é um grande aliado na perda de peso.

Farinha de Grão de Bico: Produz sensação de bem-estar devido a riqueza de proteínas e aminoácidos utilizados pelo organismo para a produção de serotonina. Rica em vitamina B e minerais como ferro, zinco e potássio.

Receitas com farinhas caseiras

Aqueles que precisam emagrecer sem abrir mão dos pratos saborosos no dia-a-dia hoje possuem uma ampla variedade de opções.

As farinhas destacadas acima podem auxiliar nesse processo sem tornar “doloroso” esse momento de restrição.

São diversas as opções de receitas com farinhas caseiras podendo ser adequada a cada gosto e particularidade. São exemplos de pratos atraentes e altamente nutritivos feitos com as farinhas funcionais:

Bolo com farinha de maracujá e raspas de limão: substituindo apenas a farinha de trigo pela farinha de maracujá e farinha de arroz obtém-se um bolo muito saboroso e as raspas do limão dão um toque especial ao sabor. Além do sabor, a caloria da farinha de maracujá possui apenas 1/3 do teor calórico da farinha de trigo convencional.

Bolo de banana com farinha de banana e uva passa: uma ótima pedida para aqueles que gostam de apreciar um bolo gostoso e rico em potássio.

Substituindo a farinha de trigo tradicional pela farinha de banana e a gordura ou óleo de cozinha pelo óleo de coco tem-se um saboroso alimento e rico em saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: