Dor de barriga – Causas, motivos e tratamentos

dor-de-barriga-causas-motivos-e-tratamentos

Muitas das vezes, considerada como uma dorzinha de não muita importância, que não faz mal e que logo irá passar, a dor de barriga, (ou dor abdominal) não é levada em consideração, pelo fato de ser na maioria das vezes momentânea, que dura alguns minutos ou poucas horas.

Porém, em alguns casos, muitas das pessoas se deslocam a procurar um posto de saúde ou hospital, quando a mesma se torna uma dor constante e intensa, saindo do “normal”.

Fica o alerta de que não se pode deixar de considerar que é importante saber mais sobre dor de barriga – causas, motivos e tratamentos.

Uma vez sabendo que quando a dor ocorre, ela pode surgir em qualquer região da barriga. Por exemplo, se for uma dor na parte superior da barriga, ela pode ser sentida na parte do estômago, e também sentida nas regiões inferiores.

Principais causas das dores na barriga e como agir com tratamentos

1 – Angina

 

2 – Hepatite

 

3 – Cálculo renal

 

4 – Apendicite

 

5 – Doença do fluxo gastresofágico.

 

6 – Aneurisma da aorta abdominal.

 

7 – Apendicite

 

8 – Endometriose

 

9 – Síndrome do intestino irritável

 

10 – Bloqueio ou a obstrução do intestino

 

11 – Úlcera

 

12 – Intoxicação Alimentar

 

13 – Gastrite.

 

Na região do tórax ou pélvica, pode ser:

 

1 – Cólicas menstrual (no caso das mulheres)

 

2 – Doença inflamatória pélvica

 

3 – Infecções do trato da urina

 

4 – Estiramento muscular.

 

Algumas das causas dessas dores, o tratamento é bem mais simples, podendo ser amenizado até mesmo com chás. Levando em consideração que muitas vezes, a condição emocional da pessoa pode levar a uma dor na barriga, como por motivo de ansiedade ou nervosismo.

Até mesmo por conta de gases ou do intestino preso, a dor de barriga pode ocorrer em um momento em que o organismo precise evacuar.

Dores musculares são bem comuns quando uma pessoa tem dor de barriga, que podem ser estimuladas pelas contrações internas da região abdominal, no intuito de fazer com que a pessoa ponha para fora o que não a está fazendo bem.

Dor de barriga por alergia a algum alimento

Em muitos casos, a pessoa que tem frequentemente dores de barriga, deve investigar se não possui algum tipo de alegria alimentar. O glúten, por exemplo, é um ingrediente que pode causar processos alérgicos e fazer com que a pessoa desenvolva muitas dores de barriga, nesse caso é bem provável que o indivíduo seja celíaco.

Em outros casos, demais alergias podem irritar a região do intestino, por isso cabe ir ao médico para fazer uma avaliação mais minuciosa.

Gastrite

No caso de suspeitar ter gastrite, a dor de barriga pode estar associada. Por isso é interessante antes de qualquer das refeições do dia, tomar um chá de “espinheira santa”, no caso de ser difícil digerir algum tipo de alimento, mas em todo caso, é vital marcar uma consulta com um médico especialista.

As manifestações de dor de barriga podem se agravar se associadas com vômitos constantes, febres e dores na hora de urinar.

Um quadro viral, por exemplo, pode desenvolver esses sintomas. E geralmente são causados na maioria das vezes por vírus e bactérias, estando eles infiltrados em alimentos ou até mesmo no ar, esses agentes têm funções de prejudicar a saúde, trazendo como consequência essas dores na região da barriga, e junto como citado acima, o mal-estar, febres, vômitos e etc.

Nesse caso, a água é indispensável, caso o problema persista com um mal-estar durante os próximos dois dias, então vá a um médico.

Evacuação com sangue, o que fazer?

Nos casos de evacuação com sangue, é preciso ir ao hospital mais próximo. Evitar tomar qualquer medicação por conta própria.

E as grávidas com diarreia?

Já, no caso de gravidez, como as alterações hormonais são intensas, pode ser que a mulher tenha dor de barriga.

Para amenizar e lidar com esse fato até o nascimento da criança, é recomendado que a grávida relaxe, repousando por longos minutos esse hidratando bem. O que não pode acontecer é a dor de barriga persistir e junto com ela a ação de febre, vômitos e diarreia persistente. Caso isso aconteça, é apropriado marcar uma consulta com um médico obstetra ou ir até um posto de saúde.

O que comer quando se está com dor de barriga?

Quando se tem dor de barriga, o necessário é partir para alimentos leves e saudáveis, legumes, batatas, cenouras, frutas, sopas. Incluindo também os chás, sendo eles camomila, erva cidreira, etc. Estes são indicados, pois ajudam no alívio ou no cessar das dores de barriga por causa de sua composição eficiente.

Cardápio alimentar recomendado

1 – Um chá de camomila, 2 torradas e uma pera, vão bem para iniciar a manhã.

 

2 – No almoço, uma abóbora e cenoura com frango cozidos e um purê de batata, de sobremesa uma maçã.

 

3 – lanche da tarde, faça uma vitamina de banana (com leite de arroz, caso queira).

 

4 – No jantar, uma canja com um purê de maçã e uma pera.

Apesar de você perder a fome com essa dor, é recomendável que faça pelo menos três refeições por dia, para que seja fortalecido o sistema de sua imunidade e para que o estômago não solte o ácido gástrico, fazendo piorar a dor.

A alimentação conta muito!

Uma alimentação muito gordurosa, pode também ser prejudicial à saúde e pode ser a real causa das constantes dores de barriga que uma pessoa pode sofrer. Nesse caso, mude sua alimentação para que você possa obter mais saúde e bem-estar.

Faça sempre que puder, atividades físicas, mantenha-se ativo e vá ao médico sempre que precisar, pois uma simples dor de barriga, pode ser na verdade, algo mais preocupante e que necessita de maior investigação!

Portanto, cuide-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: