ACUPUNTURA E SEUS BENEFÍCIOS

acupuntura-e-seus-beneficios

O que é acupuntura

A acupuntura é uma terapia originária na China e utilizada há muitos anos, acreditam que há mais de cinco milênios.

A palavra Acupuntura é derivada do latim, das quais as palavras “acus” significa agulha e “puntura” tem por tradução: picada feita com punção.

Esta técnica implica na colocação de agulhas em determinados locais do corpo podendo, deste modo, tratar diversos tipos de doenças físicas e psicológicas/ emocionais.

Acreditando que a doença é um desequilíbrio do organismo, os chineses desenvolveram esta técnica afim de voltar a “equilíbrio natural” e assim curar a doença instalada no indivíduo.

Deste modo, a terapia se baseia no estímulo das terminações nervosas que passam a enviar informações ao cérebro para que o mesmo desencadeie diferentes ações no corpo auxiliando na cura da doença.

Cada dia mais estudos comprovam a eficácia da terapia, no entanto hoje no Brasil a mesma só pode ser utilizada com orientação médica e de modo a complementar algum tratamento clínico segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

 

Para que serve

A técnica de acupuntura pode ser indicada para tratamento de diversos tipos de doenças e cada dia mais a medicina vem descobrindo sua eficácia também no trato de outros problemas.

São comuns o tratamento em caso de problemas como:

Ortopédicos: distensão muscular, dor cervical, pescoço rígido, espondilose cervical, dor aguda na coluna, dor lombar, ciática, inflamação, “cotovelo de tenista”, periartrite no ombro, fibromialgia, fascite na planta do pé, osteoartrite, artrite reumatóide e gota / artrite.

Afecções de pele: micose, herpes zoster, psoriasis eritroderma e psoriasis pustular.

Afecções no pulmão e vias respiratórias: dor de garganta, amidalite, bronquite aguda, asma e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Afecções no coração: hipertensão, hipotensão, doença coronariana e angina, doença cárdio-pulmonar crônica e neurose cardíaca.

Afecções no fígado e vesícula biliar: cólica biliar e hepatite B (vírus portador).

Afecções no estômago e intestinos: dor abdominal, cólica estomacal, cólica intestinal, espasmo gastrointestinal, vômitos, diarreia, constipação, hiperacidez no estomago, gastrite crônica, cólon irritado, enterite (inflamação bacteriana no intestino) e hemorroidas.

Afecções nos rins: cólica renal, cálculo renal, retenção urinária traumática e infecção urinária recorrente.

Afecções do sistema circulatório: síndrome de raynaud (mãos e pés frios), flebite, dor em tromboangite e excesso de gordura no sangue.

Afecções do sistema nervoso: enxaqueca, tontura, neuralgia do trigêmeo, neuralgia (dor dos nervos), dor radicular (raízes dos nervos), distrofia reflexa do simpático, bexiga neurogênica, lesão crânio-cerebral, arteriosclerose, coma, AVC – sequela: hemiplegia, AVC – sequela: perda da força muscular, AVC – sequela: desvio da boca e paralisia da fala, AVC – sequela: dificuldade de articular palavras, paralisia facial, paralisia causada por poliomielite e febre hemorrágica epidêmica.

Afecções do sistema endócrino: obesidade e diabetes.

Afecções dos órgãos dos sentidos: olhos, dor, secura nos olhos, conjuntivite, vista turva, daltonismo, ouvidos, zumbido, nariz, sinusite e obstrução nasal, boca excesso de salivação , falta de salivação, inflamação na gengiva, dor de dente pós-tratamento, dor de dente pós-cirurgia, dor de dente após extração, dor de cabeça, dor crânio-mandibular, disfunção da ATM e espasmo facial.

Afecções psíquicas e psicossomáticas: depressão, ansiedade, insônia, síndrome do stress competitivo, esquizofrenia e retardo mental.

Afecções masculinas: impotência sexual (não orgânica), ejaculação precoce e inflamação na próstata

Afecções femininas: TPM, dor menstrual, obstrução da trompa, policisto no ovário, infertilidade e menopausa.

Gestação e amamentação: enjôo, correção da posição do feto, indução ao parto, dor do parto e lactação deficiente.

Afecções infantis: diarréia, coqueluche, convulsão, obesidade infantil, pós-entubação operatória e encefalite viral.

Dependência química: álcool, tabaco, cocaína e heroína.

Pós-operatório: convalência, mal-estar e vômitos, cirurgia de amídalas, cirurgia de hemorróidas, cirurgia de artroscopia, cirurgia cerebral, dor do pós-operatório e dor após exame de endoscopia.

Câncer: reações adversas ao tratamento de radioterapia e/ou quimioterapia, náuseas, vômitos e falta de apetite, tontura e cansaço, dor causada por câncer.

 

Como funciona

 

A aplicação de agulhas em locais específicos do corpo promove a estimulação das terminações nervosas da pele e dos músculos principalmente.

Ao estimular essas terminações, elas enviam mensagens que seguem pelos nervos periféricos até chegar no sistema nervoso central, medula e cérebro. A partir de então, o sistema nervoso deflagra liberando neurotransmissores. Os neurotransmissores desencadeiam efeitos de relaxamento do músculo, anti-inflamatório e analgésico agindo diretamente no trato de diversas doenças.

 

Quem pode utilizar a acupuntura

Não existe restrição de tipo de paciente, podendo ser feito por qualquer pessoa desde criança até idosos. No caso de crianças o processo ainda pode ser feito substituindo as agulhas por laser para evitar o transtorno que pode ser causado às mesmas.

A terapia por acupuntura pode ser feita também por mulheres gestantes durante o período de gravidez. Em animais como cães e gatos esta terapia também é indicada.

 

Como é feita a acupuntura

O primeiro passo da acupuntura é a utilização de agulhas descartáveis, evitando deste modo qualquer tipo de contaminação.

A acupuntura Auricular pode ser usada para tratamentos das dores e emocionais. Esta técnica é desenvolvida em pontos específicos na região das orelhas, podendo utilizar agulhas ou pequenas esferas como sementes de mostardas.

Acupuntura Estética é a técnica de acupuntura que visa melhorar a circulação sanguínea com aplicação de agulhas em determinados locais do corpo. Utilizada para combater a gordura localizada e auxiliar no tratamento da retenção de líquidos.

Acupuntura para Emagrecer é utilizada no processo de emagrecimento onde ajuda na retirada das toxinas, o excesso de líquido retido e queima de gorduras localizadas. Além de auxiliar no emagrecimento ainda ajuda no emocional, uma vez que a obesidade pode agravar ou ser um agravante de muitos fatores emocionais.

De acordo com o tipo do problema e o tipo da técnica acupunturista aplicada, os resultados começam instantaneamente. Há situações em que dependerá de uma semana como no caso das dores agudas. Em caso de obesidade na primeira semana já pode-se notar perda de peso. O prazo indicado é de 10 dias para efetivação dos resultados e validação do tratamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: