O que é hipertensão e como tratar?

A hipertensão é uma doença que pode ser adquirida por crianças, adultos e idosos, sejam homens ou mulheres. Ela é popularmente conhecida como “pressão alta” e possui relação com a força que o sangue faz contra as artérias para poder conseguir circular por todo o corpo.

A pressão alta ataca não só os vasos sanguíneos e o coração, mas também rins e cérebro. Os vasos são recobertos por uma fina camada interna, que é machucada quando o sangue circula com a pressão elevada. Sendo assim, os vasos acabam se tornando endurecidos e estreitos, podendo com o passar dos anos se entupir ou romper.

Quando o entupimento do vaso é no coração, causa a angina que pode acarretar em um infarto. No cérebro, o entupimento ou rompimento de um vaso traz o “derrame cerebral” como consequência.

Nos rins por sua vez, pode acontecer alterações na filtração e até a paralisação dos órgãos. Todas essas situações são muito perigosas e podem ser evitadas com o tratamento adequado realizado por médicos da área.

Entenda as medidas

Quando é medida a pressão arterial, dois números são registrados. O maior é chamado de pressão arterial sistólica, onde é determinada a pressão do sangue nos vasos sanguíneos quando o coração se contrai para poder impulsionar o sangue para todo o resto do corpo. Já o menor é chamado de pressão diastólica, e é a pressão do sangue nos vasos quando o coração está na fase de relaxamento.

Os valores da pressão arterial não são os mesmo durante o dia, eles caem quando estamos relaxados ou dormindo e consequentemente sobem com a prática de exercícios físicos, agitação e estresse.

Para uma pessoa ser considerada hipertensa, ela deve ter a pressão arterial em repouso, valores iguais ou então acima de 14 por 9. Hipertensos tem maiores chances de apresentarem comprometimentos vasculares, seja cerebrais ou cardíacos.

 Sintomas

A hipertensão é uma doença maligna, que só causa sintomas quando está em fases muito avançadas ou quando a pressão arterial sobe de forma exagerada e repentina. Porém, algumas pessoas podem apresentar sintomas, sendo eles dores de cabeça, tonturas, dores no peito e outros. Esses sintomas representam um sinal de alerta.

Tratamento

Como essa doença não apresenta sintomas, muitas vezes ela só vem à tona quando acontece um grave problema de saúde seja cardiovascular ou cerebral, assim é identificado que a pressão arterial está elevada, sendo o maior responsável pelo quadro agudo.

É por isso que os médicos recomendam de seis em seis meses a medicação adequada para pacientes com histórico familiar da doença, sendo assim é preciso ir a uma consulta para o médico avaliar o remédio pelo menos uma vez ao ano.

O objetivo desse tratamento é que os valores não ultrapassem 12 por 8, e nos casos de hipertensão leve, a mínima deve ser entre 9 e 10. O primeiro tentado, é o tratamento sem medicamentos, que é extremamente importante, envolve a mudanças nos hábitos da vida do paciente.

Sendo assim, a pessoa precisa praticar atividades físicas, controlar o consumo de sal e bebida alcoólica, não passar situações que causem estresse e controlar o peso, ou seja, tudo para levar uma vida saudável.

Como existe muita relação entre a pressão alta e o aumento do peso corpóreo, perder pelo menos 10% do peso corporal é uma boa forma para poder reduzir os níveis da pressão.  Por exemplo, a cada 1kg de peso que for eliminado, a pressão do hipertenso cai de 1,3 mmHg até 1,6 mmHg em média.

Quando o indivíduo tem a pressão discretamente aumentada e já não consegue controlá-la fazendo atividades físicas, reduzindo o consumo de bebidas alcoólicas, ou se os níveis mínimos já são muito elevados (11 ou 12) é necessário começar o tratamento com medicamentos para poder deixar os vasos sanguíneos mais relaxados.

Todos os remédios para a hipertensão arterial são vasodilatadores e agem de diferentes formas. Os remédios mais antigos, como os diuréticos podem ajudar a reduzir a reatividades dos vasos, e os mais modernos costumam ser mais tolerados pelo organismo e causam menos efeitos colaterais.

É possível controlar a pressão arterial do paciente desde que haja adesão ao tratamento. Sendo assim o paciente precisa fazer a sua parte, que é tomar os remédios corretamente e mudar seus hábitos de vida para mais saudáveis.

Recomendações

As recomendações são para que se tenha uma vida mais saudável, sendo  e não pensar que só tomar os remédios irá resolver o seu problema de hipertensão, sendo assim siga algumas dicas:

  • Coma sal com cautela, mesmo ele sendo um mineral importante para o nosso organismo, ele não ser totalmente eliminado, mas use-o com moderação. Evite alimentos processados, pois eles contêm muito sal

Pessoas acima de 65 anos e portadores de diabetes também devem tomar muito cuidado com o sal por serem mais sensíveis a ele;

  • Tenha uma alimentação saudável, ou seja, adote uma dieta com muitas frutas, cereais integrais e laticínios. Asso, você estará ingerindo mais potássio, cálcio e magnésio, nutrientes estes, que são necessários para baixar a pressão;
  • Não fume, pois, o cigarro estreita as artérias, dificultando assim a circulação do sangue e fazendo com que a pressão arterial se eleve cada vez com mais frequência;
  • Evite situações em que você ficará estressado. Praticar atividade física e técnicas de relaxamento podem contribuir muito para controlar o estresse e a pressão arterial;
  • Jamais interrompa o uso dos remédios receitados, e não diminua a dosagem por conta própria. Siga à risca as indicações do médico e tome a medicação rigorosamente nos horários prescritos por ele;
  • Tente medir a sua pressão arterial regularmente e anote os valores para que o médico avalie a eficácia desse tratamento;

A hipertensão é uma doença crônica, onde suas complicações podem ser prevenidas com o tratamento correto e mudanças saudáveis no estilo de vida. Essa doença é muito perigosa e silenciosa, portanto consulte o médico para começar um acompanhamento.

Cuidar da saúde nunca é demais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: