Quais os cuidados que a mulher deve ter na gestação?

A gravidez sem dúvida é a fase mais especial na vida da mulher. Os três primeiros meses de uma gestação são os mais delicados, já que a maior ocorrência de abortos acontece nas primeiras 14 semanas, mas o ideal é que o acompanhamento médico comece mesmo antes do teste positivo de gravidez.

Esse é o momento para você começar a se cuidar, tanto física como psicologicamente. Se você fizer o pré-natal da forma correta e ter uma gestação tranquila, as chances de ter um bebê saudável serão muito maiores.

Confira as dicas:

Comece imediatamente o pré-natal

O pré-natal é de extrema importância para a saúde do bebê. Assim que souber que está grávida, decida onde e quem será seu obstetra e já marque sua primeira consulta.

Para escolher o obstetra que te acompanhará durante a gestação e fará seu parto, peça recomendações às suas amigas que já são mães. Elas com certeza te darão boas dicas em qual médico escolher.

Caso tenha plano, entre em contato com eles para saber se terá alguma carência, se eles cobrem o valor do seu parto, etc.

Alimente-se bem

Não é porque você está grávida, que precisa se alimentar mais, no entanto é importante ter uma alimentação saudável e equilibrada.

Muitas mulheres grávidas param de comer algum tipo de alimento por causar enjoos, mas é necessário procurar um substituto que tenha o valor nutricional parecido.

O recomendado é que se tenha uma dieta com legumes, verduras, frutas, carboidratos, proteína e laticínios em geral.

Evite alguns alimentos

Na gravidez é melhor evitar alguns alimentos, pois podem representar algum risco para o bebê caso estejam contaminados.

A listeriose é uma doença que provoca aborto espontâneo ou então problemas sérios no recém-nascido, e pode ser transmitida através de queijos como o camembert, brie, roquefort, gorgonzola e queijos brancos como o frescal ou de Minas.

Mesmo que o risco da toxoplasmose seja pequeno, ele existe, portanto, evite comer carne malpassada ou crua. Lave bem as frutas, legumes e verduras antes de comer para que saia todo o resquício de sujeira ou terra que pode ter. Antes de comer, lave bem as mãos.

Ácido fólico

O suplemento essencial na gravidez é o ácido fólico, que auxilia a prevenir problemas no bebê relacionados ao fechamento do tubo neural, como a espinha bífida.

As mulheres que estão pensando em engravidar, devem tomar este suplemento diário antes mesmo da concepção. Outros nutrientes necessários para a saúde do bebê são o ferro e cálcio, que podem ser compensados pela alimentação. Mas muitos médicos receitam alguns suplementos vitamínicos específicos para grávidas, pois contêm reforços de cálcio e ferro.

O ômega 3 e a gordura natural vinda dos peixes, também traz benefícios para o desenvolvimento do cérebro, nervos e o peso do bebê no final da gravidez.

Atividades físicas

O peso extra que você está para ganhar, é muito grande! Exercícios físicos te darão a resistência e força precisas para carregar esse peso e aguentar o estresse físico que terá no parto.

Além de melhorar o seu humor, com a produção da serotonina, a atividade física também contribui para entrar em forma mais rápido após o nascimento do bebê!

Se você já é adepta de exercícios físicos, é provável que continue com a mesma atividade que faz, mas claro, se estiver sentindo-se confortável e com menos intensidade. Converse com seu personal trainer e informe que está grávida.

Os exercícios mais indicados nessa fase são mais amenos, como natação, caminhadas, ioga e hidroginástica.

Não tome qualquer remédio

Não tome nenhum remédio sem perguntar ao seu obstetra.

Se costuma usar algum tipo de medicamento, em sua primeira consulta pergunte se você pode continuar tomando.

Antes de ir até a sua consulta, lembre-se todos os problemas que você costuma ter com certa frequência e os remédios que toma nessas situações. Faça ma lista e junto ao médico verifique o que poderá tomar se precisar.

Reduza o consumo de cafeína

Café, chá e refrigerantes à base de cola devem ser evitados. Pesquisas indicaram que o excesso de cafeína na gravidez pode contribuir para o bebê nascer abaixo do peso, ou acarretar outros problemas para a gestação.

A quantidade aceitável é de três xícaras por dia, mas a melhor forma é reduzir o consumo o máximo que você puder.

Corra dos vícios

As mulheres que fumam correm um risco maior de sofrer aborto espontâneo, de ter parto prematuro e ter um bebê abaixo do peso ideal. Quanto antes parar de fumar, mais o bebê será beneficiado.

Não consuma bebidas alcoólicas. O álcool chega muito rápido ao bebê através da placenta, e ingerir muito álcool durante a gravidez está associada a doenças como a síndrome alcoólica fetal que inclui desde dificuldade de aprendizagem até problemas congênitos graves.

Descanse

O sono que você sente no começo e na reta final da gravidez, é seu corpo pedindo para você pegar um pouco mais leve.

Se você não está trabalhando, aproveite para tirar uma soneca depois do almoço. Se não dá, procure dar uma relaxada por pelo menos trinta minutos do jeito que conseguir.

Com o passar dos meses, você sentirá cada vez mais sono, isso porque suas energias estão sendo direcionadas ao crescimento do seu bebê.

Massagem, alongamentos, e técnicas de relaxamento como a ioga, ajudam a reduzir o estresse e colaboram para você dormir bem.

Vai chegar um momento, em que será muito difícil encontrar uma posição confortável para dormir, use vários travesseiros para ajudar a sentir-se confortável.

Assim que tiver a notícia maravilhosa que você está gerando uma criança em seu ventre, inicie imediatamente o pré-natal, siga todas as recomendações médicas.

Evite situações em que te deixem aborrecida e nervosa, pois a pressão alta na gravidez é de extremo perigo para o parto, portanto também controle o sal!

Tenha em mente que agora o seu corpo está todo direcionado para o desenvolvimento de seu bebê, então não faça por você, faça pelo seu filho.

Aproveite esse momento mágico dentro de você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: