Câncer de ovário: Saiba mais sobre essa doença silenciosa

Dentre os tipos de câncer que afetam as mulheres, o câncer de ovário é o que apresenta a taxa de sobrevivência mais baixa.

Os dados estatísticos indicam que somente 45% do publico feminino que sofre com essa doença apresentam probabilidades de sobreviver por 5 anos em comparação as mulheres que sofrem com câncer de mama cujo percentual de sobrevivência é de 89%.

Diante disso, é muito importante que você saiba algumas informações básicas, porem fundamentais sobre o câncer de ovário, para poder identificar precocemente a presença dos sintomas dessa doença e assim viabilizar o tratamento mais adequado.

Confira a seguir tudo o que precisa saber sobre câncer de ovário para que saiba como identificar a doença ou então como preveni-la da melhor forma possível.

Câncer de ovário: O que é?

 câncer de ovário

O câncer de ovário é um tipo de câncer que tem inicio no sistema reprodutor feminino.

Geralmente o tumor se desenvolve de forma silenciosa nessa região, até que vai se espalhando pela região da pelve e do abdômen.

Quando se encontra nesse estágio, o câncer de ovário se torna mais difícil de tratar e acaba se tornando fatal para as mulheres.

Por isso, é extremamente importante que realize exames periódicos para saber como anda a saúde do seu sistema reprodutor, pois como o câncer de ovário é assintomático na fase inicial, somente fazendo exames de rotina é que se torna possível a identificação e posterior tratamento da doença.

Causas do câncer de ovário

 

Ainda não se sabe ao certo o que causa o câncer de ovário. Mas alguns fatores genéticos como alterações no DNA podem ser considerados um fator de risco dependendo do caso.

Além disso, outros fatores de risco também podem levar ao desenvolvimento do câncer de ovário. São eles:

  • Histórico familiar: Se você tiver algum caso dessa doença na família, isso aumenta o seu risco de desenvolver câncer de ovário;
  • Herança genética: Esse tipo de câncer pode ser causado por uma mudança genética que é passada de mãe para filha;
  • Uso de cigarro;
  • Utilização de dispositivo intrauterino;
  • Incapacidade de engravidar
  • Síndrome dos ovários policísticos

Como pode notar, são vários os fatores que levam uma pessoa a desenvolver câncer de ovário.

Mas existem algumas condições que podem diminuir o risco de ocorrência dessa doença como a ingestão de pílulas anticoncepcionais, realização de laqueadura ou uma histerectomia e a amamentação de bebês.

Principais sintomas 

 câncer de ovário

Como foi dito mais acima, o câncer de ovário é uma doença que se desenvolve de forma silenciosa, raramente apresentando sintomas aparentes em sua fase inicial. Contudo, em alguns casos estes sintomas podem aparecer. São eles:

  • Dor abdominal ou pélvica;
  • Inchaço constante;
  • Dificuldade para comer;
  • Problemas urinários, como urinar com mais frequência do que o habitual;
  • Prisão de ventre;
  • Dor ao ter relação sexual;
  • Alterações do ciclo menstrual.

Portanto se você apresentar um ou mais dos sintomas citados acima, então deve o quanto antes marcar uma consulta médica para saber se está ou não com câncer de ovário.

Diagnóstico do câncer de ovário

 cancer-de-ovario-4

A primeira coisa que você deve fazer para ter um diagnostico mais preciso sobre a sua condição de saúde é marcar uma consulta com um medico.

Nesse caso, os especialistas mais indicados para avaliar se está ou não com câncer de ovário são o oncologista e o ginecologista.

Geralmente o diagnostico pode ser dado através da realização de exames de imagem como ultrassom ou tomografia computadorizada da região abdominal e pélvica, bem como por meio de exames de sangue e biópsia.

Tratamento

cancer-de-ovario-5

O tratamento mais adequado para o câncer de ovário vai depender do tipo e estágio da doença.

Alguns outros fatores também interferem na escolha do tipo de tratamento tais como idade, saúde geral e qualidade de vida por exemplo.

Mas no geral a cirurgia para retirada do tumor é a principal forma de tratamento. Além desta, as outras formas de tratamento são a Quimioterapia e Radioterapia.

Principais formas de prevenção do câncer de ovário

 

Basicamente não existe formas concretas para prevenir o câncer de ovário. Mas alguns fatores acabam induzindo ao menor risco de desenvolver essa doença tais como:

  • Amamentação;
  • Utilização de contraceptivos orais;
  • Gravidez anterior;
  • Ausência de histórico familiar;
  • Prática de atividades físicas;
  • Não fazer uso de cigarro;
  • Redução da ingestão de álcool;
  • Evitar alimentos industrializados.

Além destes fatores, a opção de retirada preventiva dos ovários também pode ser uma possibilidade, mas nesse caso a decisão precisa ser bem analisada, tendo em vista que este tipo de cirurgia compromete a fertilidade da mulher.

Por isso, se você ainda deseja ter filhos, então o melhor é não adotar essa cirurgia preventiva e passar a levar uma vida mais saudável, longe de vícios e do sedentarismo para garantir que o seu corpo esteja saudável e totalmente livre do câncer de ovário.

Portanto, agora que já sabe todas as informações possível sobre o câncer de ovário, resta apenas ficar atenta aos sintomas e buscar adotar hábitos de vida mais saudáveis para evitar que esse tipo de problema acabe comprometendo a sua saúde e qualidade de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: