Obesidade infantil: Sintomas, tratamento e formas de prevenção

A obesidade infantil é um grave problema de saúde que afeta crianças no mundo inteiro e tem se tornado uma preocupação constante na vida de muitos pais hoje em dia.

Também não é para menos, pois a cada dia que passa, os fast foods e uma infinidade de comidas industrializadas tem ocupado um espaço cada vez maior na vida das crianças nos dias de hoje.

Mas você sabe o que é obesidade infantil? Sabe como identifica-la? Quais as melhores formas de prevenir esse problema de saúde nas crianças?

Se a resposta para estas perguntas for não, saiba que nesse artigo você terá a resposta para estas e muitas outras dúvidas envolvendo a obesidade infantil.

Pronto para conhecer um pouco mais sobre este problema e descobrir como prevenir a obesidade infantil e assim evitar que o seu filho(a) seja afetado(a) por esse tipo de problema?

Então vamos ao que interessa!

 

Obesidade infantil: O que é?

 obesidade infantil

A obesidade infantil se caracteriza pelo excesso de peso apresentado por uma criança, ou seja, ela apresenta um peso acima do considerado normal para a sua idade e altura.

De acordo com dados do IBGE, o numero de crianças que sofrem com obesidade no Brasil é alarmante, sendo que atualmente cerca de 1 em cada 3 crianças acabam apresentando esse tipo de problema, fato este que deixa muitos pais bastante preocupados.

O excesso de peso infantil pode acabar causando varias complicações para criança tais como colesterol alto, hipertensão ou até mesmo o diabetes.

Além disso, a obesidade infantil também pode levar a criança a desenvolver uma baixa autoestima e também depressão.

Por isso é importante que os pais tomem providencias para combater esse tipo de problema o quanto antes, pois somente dessa forma é possível evitar que as complicações decorrentes do excesso de peso acabem afetando a saúde da criança.

 

Causas da obesidade infantil

 obesidade infantil

Vários fatores podem causar obesidade infantil. Entre as mais conhecidas estão:

  • Fatores genéticos;
  • Sedentarismo;
  • Alimentação inadequada;
  • Problemas hormonais;
  • Uso de medicamentos a base de corticoides.

Mesmo que os fatores genéticos influenciem no desenvolvimento da obesidade infantil, isso não quer dizer que pais obesos consequentemente terão filhos com obesidade.

Nesse caso a obesidade infantil está mais associada aos péssimos hábitos alimentares tanto da criança quanto da família.

Portanto a adoção de uma alimentação inadequada, assim como o fato da criança viver de forma sedentária e não praticar atividades físicas são fatores essenciais para o desenvolvimento da obesidade infantil.

Diagnóstico da Obesidade Infantil

 

Se você desconfia que o seu filho(a) está acima do peso e deseja saber se ele(a) é ou não obeso, o mais indicado é procurar um médico para que ele possa fazer os exames necessários e assim descobrir se a criança está acima do peso e quais medidas adotar para reverter essa situação.

Nesse caso você pode procurar auxilio de um pediatra, nutricionista ou então de um endocrinologista. Qualquer um destes profissionais terá capacidade suficiente para ajudar você a diagnosticar esse tipo de problema na criança.

Uma das formas de diagnosticar a presença de obesidade em uma criança é calculando o seu IMC- Indice de Massa Corporal.

Esse cálculo é bem simples onde basta você dividir o peso da criança por sua altura ao quadrado.

Entretanto, como as faixas de IMC para as crianças variam de acordo com a idade e também com o sexo, é extremamente importante que consulte um medico para obter a faixa exata de IMC do seu filho(a) e assim saber se ele está ou não acima do peso.

Como tratar a obesidade infantil

 obesidade infantil

O tratamento para obesidade infantil nem sempre é fácil, uma vez que ele envolve a ação de vários profissionais.

Além disso, não existe um tratamento farmacológico a longo prazo para obesidade infantil que não envolva uma mudança no estilo de vida da criança.

Por isso, o sucesso do tratamento consiste no acompanhamento médico constante e também no compromisso que a família precisa ter em ajudar a criança a praticar essas mudanças da melhor forma possível.

Dentre as principais mudanças que uma criança com obesidade infantil deve implementar para se livrar de uma vez por todas desse problema é:

  • Passar a ter uma alimentação mais saudável

Nesse caso os pais precisam substituir os hábitos alimentares das crianças e passar a inserir alimentos mais saudáveis na rotina alimentar dos seus filhos(as).

Mesmo que não seja uma tarefa fácil no inicio acredite, esta é a melhor decisão para afastar a obesidade infantil de uma vez por todas da vida da criança, fazendo assim com que ela tenha uma vida mais saudável no futuro.

Procure investir em frutas, legumes e verduras. Tente evitar a promoção de lanches a base de biscoito recheado e refrigerante.

Ao invés disso, ofereça um suco natural de frutas ou mesmo a própria fruta, que também é uma opção interessante e que vai proporcionar todos os nutrientes necessários para manter a saúde da criança em dia sem afetar o seu peso.

Também não esqueça de moderar as porções dos alimentos que oferece para a criança, pois este fator também é muito importante quando se deseja manter o peso sob controle.

  • Coloque o seu filho(a) para praticar atividades físicas

Fugir do sedentarismo é sempre a melhor forma de evitar o excesso de peso e a obesidade.

Por isso é muito importante que você incentive a criança a fazer uma atividade física.

Tente descobrir o que o seu filho gosta de fazer.

Seja andar de bicicleta, fazer natação, ou mesmo começar a praticar aulas de judô, o importante é não deixar que a criança mantenha uma vida parada e sedentária, pois as consequências disso podem ser bem mais graves do que imagina e nesse caso é melhor prevenir do que remediar não é verdade?

Agora para os casos mais graves de obesidade infantil, recomenda-se o uso de medicamentos ou então a cirurgia bariátrica.

Mas vale ressaltar que tanto o medicamento a ser usado pela criança como a cirurgia deve ser prescrito por um médico.

Principais formas de prevenção da obesidade infantil

 obesidade infantil

Para prevenir que a criança venha a sofrer com obesidade infantil bem como com as varias complicações decorrentes desse problema de saúde, algumas medidas preventivas são necessárias, tais como:

  • Procure agendar consultas medicas periódicas para que um profissional especializado na área possa acompanhar de perto a evolução do seu filho(a);
  • Dê o exemplo e passe a adotar hábitos de vida mais saudáveis;
  • Não utilize a comida como forma de recompensa para a criança;
  • Incentive o seu filho(a) a adotar uma alimentação saudável procurando enfatizar o lado positivo dessa escolha;
  • Seja paciente, afinal de contas quando se trata de mudar hábitos alimentares as crianças acabam sendo resistentes no inicio, mas se tiver paciência e ser persistente, essa mudança acaba acontecendo.

Portanto agora que já sabe toda as informações acerca da obesidade infantil, basta agora implementar as dicas dadas nesse post para garantir que a criança mantenha o peso ideal para a sua idade e altura de modo a manter a sua saúde e qualidade de vida sempre em dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: