Remédios que prejudicam os rins: Conheça os principais

Os rins são órgãos muito importantes do corpo humano, pois eles filtram e eliminam as substancias toxicas presentes no sangue. O problema é que muita gente hoje em dia tem o hábito de se automedicar e existem alguns remédios que prejudicam os rins.

Portanto se você é do tipo de pessoa que usa remédios de maneira inadequada, saiba que vários medicamentos que existem no mercado atualmente podem causar lesões graves nos rins.

Alguns medicamentos que, em pessoas saudáveis, não apresentam nenhum efeito, podem causar grandes estragos naqueles que já possuem uma doença renal previa e nesse caso todo cuidado é necessário.

Portanto se você deseja saber mais sobre os remédios que prejudicam os rins, então continue lendo esse post e conheça a lista de medicamentos nos quais você deve evitar caso preze pela saúde dos seus rins de um modo geral.

 

Principais remédios que prejudicam os rins

 remédios que prejudicam os rins 1

  1. Antibióticos 

Quem nunca tomou um antibiótico para tratar algum problema de saúde causado por bactérias? Pois é, a maioria das pessoas já consumiu esse tipo de remédio em algum momento da vida e nem sequer tinham noção do mal que ele causa para os rins.

Alguns antibióticos conhecidos como a penicilina, rifampicina, trimetoprim e ciprofloxacina podem causar inflamação renal e por isso fazem parte da lista dos remédios que prejudicam os rins.

Além disso, outro problema de saúde que ocorrem com muita frequência em decorrência do uso inadequado de antibióticos é a insuficiência renal aguda.

Por isso se você deseja manter o bom funcionamento dos seus rins, procure evitar o uso aleatório de antibióticos, pois não é a toa que eles são considerados um dos remédios que prejudicam os rins.

Procure utilizar esse tipo de medicamento quando estritamente necessário e sempre mediante prescrição médica, para evitar problemas de saúde mais graves no futuro.

  1. Anti-inflamatórios

Os anti-inflamatórios são os verdadeiros vilões dos rins, pois esses medicamentos diminuem a capacidade dos rins de filtrar o sangue.

Geralmente as pessoas que são sadias conseguem suportar essa condição com facilidade. Agora as pessoas que sofrem com insuficiência renal tendem a ter essa filtragem reduzida. Por essa razão é que os anti-inflamatórios não são indicados para uso em pessoas com insuficiência renal.

Além disso, outro problema causado por esse tipo de medicamento aos rins é a inflamação renal decorrente de algum tipo de reação alérgica situada nos rins.

Se você faz uso de anti-inflamatórios com certa frequência é bom tomar bastante cuidado, pois o uso excessivo desse remédio tende a causar inflamação renal ao longo dos anos, mesmo que você seja totalmente saudável e não tenha nenhum indicio de problemas renais no passado.

Como pode observar, não é à toa que os anti-inflamatórios são considerados um dos remédios que prejudicam os rins e que por isso você deve evitar o seu uso ao máximo.

  1. Analgésicos

Sem dúvida alguma os analgésicos são os remédios mais consumidos pelas pessoas e o seu uso prolongado pode afetar gravemente a saúde dos rins. remedios que fazem mal para os rins 3

Hoje em dia, alguns analgésicos como o paracetamol, dipirona e neosaldina por exemplo, são facilmente encontrados nas farmácias do país inteiro, e com isso o seu uso entre as pessoas acaba se tornando algo frequente e bastante perigoso, principalmente para quem tem problemas renais.

Por isso quando sentir algum tipo de dor no corpo ou algo do gênero, procure um médico e evite o uso aleatório de analgésicos sem prescrição médica, pois a saúde dos seus rins agradece.

  1. Contrastes de exames radiológicos

Se você tiver insuficiência renal deve evitar ao máximo os contrastes utilizados em radiologias. Caso o seu uso seja algo estritamente necessário, então o mais viável é que se faça uma preparação previa do paciente para que o efeito do contraste seja o mínimo possível.

Geralmente os exames que utilizam esse tipo de contraste são a tomografia computadorizada, angiografia, ressonância magnética, cateterismo cardíaco e urografia excretora.

Portanto, caso você tenha que fazer algum desses exames e precise se submeter ao uso de contraste para a realização do mesmo, informe ao seu médico sobre a sua condição renal para que ele tome todas as providencias cabíveis e assim diminua os efeitos que o contraste pode provocar no seu organismo.

  1. Antipscicóticos

As pessoas mais idosas tendem a fazer uso de antipscicóticos com maior frequênciareméedios que prejudicam os rins 4 e muitas vezes desconhecem o mal que esses remédios causam no organismo, principalmente para os rins.

Remédios como a quetiapina, olanzapina ou risperidona proporcionam um risco maior de causar lesão renal aguda nas pessoas que fazem uso desse medicamento.

Por isso, na hora de fazer uso de antipscicóticos pense duas vezes pois esses remédios, se usados incorretamente, podem causar um verdadeiro estrago na sua saúde e principalmente na saúde dos seus rins.

  1. Inibidores da bomba de prótons

Atualmente existem evidencias de que os remédios que inibem a bomba de prótons como o omeprazol, lanzoprazol, esomeprazol, dentre outros, se usados com frequência, podem causar lesões serias nos rins.

Algumas pessoas tem o hábito de tomar inibidores como estes diariamente durante vários meses ou até anos e na maioria das vezes sem haver uma necessidade mais concreta.

Por isso, sempre que possível, evite fazer uso desses inibidores com certa regularidade, pois dessa forma você reduz as chances de causar danos ao seu rim e com isso melhora a sua qualidade de vida e evita que problemas de saúde acabem surgindo no futuro. Para reforçar a saúde dos seus rins, recomendo que leia o artigo Os 9 alimentos que previnem doenças renais.

Cada vez mais surgem casos onde as pessoas acabam apresentando lesões renais e muitas vezes nem sequer sabem como isso aconteceu ou como essa condição acabou se desenvolvendo no seu organismo.

Como pode notar através desse post, alguns remédios prejudicam os rins e o fato das pessoas se automedicarem acaba agravando a sua saúde de forma silenciosa e inesperada. Por isso quando apresentar algum problema de saúde procure um médico e faça uma consulta pois dessa forma você estará seguindo pelo caminho mais correto para manter a sua saúde e qualidade de vida em dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: