Pedra nos Rins: Saiba o que é e como tratar essa doença

pedra nos rins, nada mais é do que uma massa dura que se desenvolve a partir de cristais presentes na urina, que se separam e ficam alojados no trato urinário.

Pedra nos rins, também conhecido como cálculo renal, é sem dúvida alguma um dos problemas urológicos mais comuns entre as pessoas e também um dos mais dolorosos.

Quem já sofreu com esse tipo de problema sabe o desconforto que ele causa no organismo, mas em grande parte dos casos as pedras localizadas nos rins são eliminadas pela urina, sem haver a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Mas você sabe o que é pedra nos rins? Quais os seus sintomas? Como tratar essa doença? Pois bem, se a resposta for não, então você está no lugar certo, pois nesse post traremos a resposta para essa e várias outras questões envolvendo essa doença que afeta milhões de pessoas no mundo inteiro.

Pedra nos rins: O que é?

pedra nos rins 1

 Um cálculo renal, ou pedra nos rins, nada mais é do que uma massa dura que se desenvolve a partir de cristais presentes na urina, que se separam e ficam alojados no trato urinário.

Geralmente a urina possui alguns compostos químicos que impedem a formação desses cristais, mas em algumas pessoas, esses inibidores não funcionam e com isso as pedras acabam surgindo e ficando armazenadas nos rins.

Quando esses cristais são pequenos, eles são transportados pelo fluxo urinário, passando por todo o sistema urinário até serem eliminados do corpo.

Agora quando eles se apresentam em um tamanho maior, o organismo não consegue elimina-los e por isso eles ficam alojados nos rins, causando muita dor nessa região.

O que causa pedra nos rins?

 

Atualmente os médicos não sabem ao certo o que provoca o surgimento de pedra nos rins. Mas existem alguns fatores de risco que contribuem para o desenvolvimento dessas pedras no trato urinário. Dentre os principais fatores de risco é possível citar:pedra nos rins 2

  • Histórico familiar;
  • Homens são mais suscetíveis a essa doença do que as mulheres;
  • Pessoas com idade acima dos 40 anos;
  • Indivíduos que não consomem água na quantidade recomendada, que é 2 litros de água diariamente;
  • Alimentação rica em proteína, sal ou açúcar;
  • Pessoas com obesidade;
  • Indivíduos que sofrem com doenças do trato digestivo ou que já assaram por cirurgias nessa região;

Como pode notar, são inúmeros os fatores que podem causar pedra nos rins e assim comprometer o bom funcionamento renal. Por isso todo cuidado possível com seu estilo de vida e principalmente com seus hábitos alimentares é necessário para evitar ao máximo o desenvolvimento dessa doença ao longo dos anos.

Sintomas de pedra nos rins

 

O acúmulo de pedras nos rins não apresenta sintoma aparente no início. Mas a partir do momento em que essas pedras começam a se deslocar no interior dos rins ou então de outros órgãos do sistema urinário, a dor começa a surgir.

As dores geralmente são muito intensas e se espalham por toda a região abdominal. Além disso, outros sintomas também começam a aparecer tais como:

  • Presença de sangue na urina;
  • Náusea e vômito;
  • Vontade incessante de urinar, o que faz a pessoa ir ao banheiro várias vezes;
  • Febre;

Apesar da presença desses sintomas, a confirmação do quadro de pedra nos rins só pode ser dada a partir de um diagnóstico médico, que geralmente é feito com a realização de exames de sangue, urina e exames de imagem como raio-X e ultrassons.

Tratamento para pedra nos rins

pedra nos rins 3

Para saber qual o melhor tratamento aplicar em relação ao cálculo renal, é preciso inicialmente identificar o tipo, a causa e também o tamanho da pedra presente nos rins.

Geralmente quando as pedras são muito pequenas e a pessoa não manifesta muitos sintomas, não há a necessidade de utilizar procedimentos invasivos.

Nesse caso, o médico normalmente indica a adoção de algumas medicas que pode ajudar na recuperação do paciente, como beber muita água, ou seja, cerca de 2 ou 3 litros de líquidos por dia para ajudar a eliminar as pedras nos rins através da urina, ou então ele prescreve analgésicos para aliviar a dor causada pelo cálculo renal.

Agora se as pedras forem grandes e causarem sintomas mais fortes e aparentes na pessoa, o tratamento deve ser diferenciado, havendo inclusive a possibilidade de adotar procedimentos invasivos como cirurgias por exemplo.

As principais formas de tratamento para os casos de pedra nos rins mais graves são:

  • Traqueostomia percutânea, que corresponde a retirada por meio de cirurgia das pedras maiores, que é feito através de um pequeno corte feito na região das costas do paciente;
  • Uteroscopia, que consiste na inserção de um tubo fino através da uretra do paciente para remover as pedras existentes no sistema urinário;
  • Cirurgia de glândulas paratireoides, que corresponde a retirada das glândulas paratireoides, uma vez que alterações nessas glândulas faz com que elas produzam mais cálcio no organismo, facilitando assim a formação de pedra nos rins.

Estas são, portanto, as principais formas de tratamento para o cálculo renal. Mas vale ressaltar que, antes mesmo de fazer qualquer coisa para se livrar desse problema de saúde, o ideal é que você consulte um médico, pois somente ele poderá indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Prevenção da pedra nos rins

pedra nos rins 4

Para prevenir a pedra nos rins, você deve tomar bastante cuidado com os seus hábitos alimentares, pois é justamente este fator que mais contribui para o desenvolvimento do cálculo renal.

Por isso a primeira coisa que deve fazer para prevenir o aparecimento desse problema de saúde na sua vida é beber muita água durante o dia, de preferência 2 litros de água, para manter o seu organismo bem hidratado e os rins em pleno funcionamento.

Outra dica para você prevenir o cálculo renal é reduzir o consumo de alimentos ricos em oxalato, que é um composto que contribui para o desenvolvimento de pedras nos rins.

Os alimentos mais comuns que apresentam esse composto são o espinafre, batata doce, nozes e até mesmo o chocolate. Portanto, reduza o consumo desses alimentos no seu dia a dia caso queira manter a saúde dos seus rins em dia.

Também é importante que você diminua o consumo de alimentos ricos em sal e proteínas, pois esses elementos também colaboram para a formação de pedras no trato urinário. Para obter mais informações sobre como melhorar a saúde dos rins e assim evitar problemas de saúde como o calculo renal por exemplo, recomendo que leia o artigo 6 dicas para conservar a saúde dos rins.

Levando em consideração todas as recomendações dadas acima, sem dúvida alguma, você terá menos chances de desenvolver pedra nos rins. Além disso, garantindo uma alimentação adequada e bebendo agua regularmente, o seu organismo funcionará melhor, aumentando assim a sua qualidade de vida!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
%d blogueiros gostam disto: